fbpx

Os 100 primeiros dias e o franchising

As metas divulgadas para os 100 primeiros dias do novo governo e os reflexos para o franchising e o varejo

Janeiro 2019

O governo de Jair Bolsonaro divulgou na quarta-feira (dia 23) as metas para os primeiros meses da gestão.

São 35 objetivos para os primeiros cem dias de governo, ou seja, até abril de 2019. As metas estão divididas por ministérios. Algumas metas divulgadas são ações concretas com planejamento de execução e cronograma anunciados e outras, sinalizam diretrizes gerais a serem trilhadas.

O mercado otimista

O presidente tenta vincular à imagem do seu governo, uma equipe eficiente e transparente. Isso tem trazido otimismo ao mercado. São especialistas de cada área, sem interesses políticos.

Diante desta perspectiva de recuperação da economia, alguns indicadores já mostram reações positivas. Por exemplo, os micro e pequenos empresários do varejo e comércio têm demonstrado maior confiança para realizar investimentos em 2019. É o que aponta dados divulgados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) juntamente com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O levantamento mostra que 41% desses empresários pretendem investir este ano, ante 35% em 2018. 

Até onde o braço alcança

Planos importantes, como as reformas tributária e da Previdência, ficaram de fora do documento dos 100 dias. O caso é que o governo não quer impor a si próprio um prazo curto para aprovar essas medidas polêmicas e impopulares, que há anos estão em discussão no Congresso e encontram grande resistência entre os parlamentares. Mas, mesmo assim, ele tem nestas plataformas uma prioridade, garante.

Algumas metas na pauta dos 100 dias

Para a ECONOMIA, extinguir 21 mil cargos comissionados, acumulados por indicação da esfera federal. A intenção é verificar a eficiência da máquina pública. Outro objetivo é rever os processos de beneficiários do INSS, a fim de encontrar possíveis fraudes e tornar mais rígido o acesso aos benefícios.

Na área da SAÚDE, aumentar a cobertura das vacinas pentavalente (contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e outras infecções), pneumocócica (contra meningite, pneumonia e outras), tríplice viral D1 (contra sarampo, caxumba e rubéola), contra febre amarela e contra poliomielite (ou “paralisia infantil”).

No ministério da JUSTIÇA, o decreto para flexibilizar a posse de armas de fogo (já efetuado pelo governo, em 15 de janeiro) e apresentação de um projeto de lei para combater o crime organizado e a corrupção.

Criar um “13º” aos beneficiários do Bolsa Família, no ministério da CIDADANIA — hoje, o repasse acontece a cada mês e o máximo mensal é de R$ 372 por família, podendo ainda haver um adicional variável a esse valor, no caso de a família permanecer em situação de extrema pobreza mesmo com os demais repasses do Bolsa Família. Cerca de 14 milhões de famílias participam do programa. Esse recadastramento também foi alvo de possíveis distorções e fraudes.

INFRAESTRUTURA pretende privatizar 10 terminais portuários do país e modernizar a estrutura de 12 aeroportos.

Uma medida que preocupa pedagogos está sob a tutela do ministério da MULHER, FAMÍLIA E DIREITOS HUMANOS que vai apresentar uma medida provisória para regulamentar a educação domiciliar. O problema levantado por especialistas é o grande percentual de crianças cuja única fonte de alimentação ser a merenda e também a falta de socialização necessária nos primeiros anos escolares, que essa medida pode causar entre a população mais necessitada.

Para MINAS E ENERGIA, renegociar contratos de exploração do pré-sal. Isso porque, após a assinatura, se descobriu que a reserva é maior do que a prevista antes no momento do leilão. O governo tem de ser ressarcido já que, por lei, todo o petróleo no território terrestre ou marítimo brasileiro pertence ao governo federal. A tendência é que seja feito um novo leilão para o excedente.

Foco  em resultados

O mercado de franquias comemora resultados de crescimento em torno de 7% ao ano. Essa retomada foi impulsionada principalmente pelo resultado do último trimestre de 2018. Reflexo do otimismo que a mudança político-econômica deu ao mercado. Mantendo esse movimento, percebe-se que investidores mais confiantes e taxas de juros reduzidas colocam o dinheiro disponível para gerar empregos e fomentar a economia ao invés de deixá-lo rendendo, improdutivo.

Que venham resultados e se mantenham as expectativas mais próximas dos 100% positivos nesses próximos 100 dias e além. Vamos monitorar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *