fbpx

Sustentabilidade Corporativa: Posicione-se!

Já não é de hoje que a sociedade dá importância aos valores ecológicos de uma marca/empresa. Hoje, o mercado consumidor exige que as franquias posicionem-se, e com urgência, quanto à sua responsabilidade sobre descartáveis de plástico.

É necessária uma agenda positiva entre as pequenas, médias e grandes redes franqueadoras, que precisam ser as protagonistas desse levante contra o crime ambiental que mantemos todos os dias em todo o planeta. Cada passo em direção ao resgate de um mundo sem lixo é um ganho. Nesses últimos 50 anos, temos feito um depósito de plástico vindo de sacolas e descartáveis de forma geral, que precisa dar um basta.

Veja abaixo três exemplos de sustentabilidade corporativa que nos enchem de esperança num mundo mais limpo e saudável! 

Tijolo é produzido a partir de plásticos retirados dos oceanos

A start up ByFusion criou um tijolo ecológico desenvolvido a partir de todos os tipos de plásticos retirados dos oceanos. Uma máquina modular comprime os plásticos em blocos duráveis que, a princípio, foram configurados no formato de um bloco de cimento comum. Porém, segundo os fabricantes, o tijolo ecológico, que foi batizado de Replast, pode ser customizado em diferentes formas e densidades. Saiba mais!

Marca curitibana chega ao mercado com a maior variedade de canudos reutilizáveis do país

“Acabar com o uso de canudos plásticos se tornou uma tendência praticamente inevitável para o ano de 2019. Foi pensando na sustentabilidade e criação de novos hábitos saudáveis que a empresa decidiu lançar uma linha de canudos reutilizáveis, para refrear o descarte indevido de plástico, e incentivar a reflexão sobre o consumo desses materiais”, comenta o consultor da marca, Thiago Pissaia. Saiba mais!

Brasil terá 1ª usina de geração de energia por meio de esgoto e lixo orgânico

A matéria-prima para geração de energia virá de estações de tratamento de esgoto e de concessionárias de coleta de resíduos e produzirá biogás e também biofertilizantes para a região. Estima-se que com a iniciativa o Estado do Paraná deixe de descartar, todos os dias, mil m³ de lodo de esgoto e 300 toneladas de lixo orgânico em aterros. É ou não é um excelente negócio? Saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *