fbpx

Como ganhar dinheiro com sustentabilidade?

Produzir menos lixo e explorar o mercado tendo mais do que um negócio sustentável. A sustentabilidade como diferencial do negócio é possível. E quando essa equação acontece em um mercado em expansão é melhor ainda.

O que é ser uma empresa sustentável? Essa é a primeira pergunta a fazer se sua intenção vai além de uma atitude somente de ‘fachada’ ou se você está seguindo um modismo e nem sabe bem o que é essa tendência mundial.

Sim, a sustentabilidade é mais que uma escolha. É uma opção que pode decidir sua permanência no mercado ou não. E o seu consumidor está atento. Ele não quer mais empresas que não se preocupam com o planeta, com as pessoas ou com o futuro.

Não interessa em qual segmento de negócio você ou sua operação de negócio atue, ser sustentável é uma obrigação. São ações internas, como olhar para as necessidades de sua equipe e criar um ambiente agradável de trabalho. A escolha de seus fornecedores deve passar por essa análise, também. Ajustar processos na sua cadeia de produção, em sua logística de serviços ou em sua forma de entregar ou transportar insumos e mercadorias.

O franchising, naturalmente agrupa todos estes players do mercado, e ainda atua em todos os segmentos da economia. Portanto, é protagonista nessa responsabilidade em relação às escolhas sustentáveis na produção industrial, nas práticas do varejo ou no modelo de negócio de prestação de serviços.

Uma escolha sustentável

A Dexpo Displays e Expositores Portáteis é um exemplo de fornecedor e de franqueadora focada na sustentabilidade. Inclusive, esse é um dos diferenciais do negócio para a empresa. Segundo Vanessa Marchesotti, diretora comercial da Dexpo, “eventos sustentáveis são melhores para a natureza e para o seu bolso! Poucas pessoas param para pensar no impacto ambiental que eventos geram. Dependendo de como é feito o planejamento, ele pode ter um alto impacto no meio ambiente. Além de sermos a única franquia do segmento de aluguel e impressão de displays para montagem de eventos no Brasil, temos na sustentabilidade um dos pilares do negócio. Nossos displays e expositores são reutilizáveis, não geram lixo e nem entulho na montagem. Como os únicos fabricantes no país, há mais de 20 anos, podemos garantir esse selo em feiras, exposições e eventos porque essa missão está no DNA da empresa e é um dos pontos que nos diferencia no mercado.”

Negócio rentável

O objetivo inicial da empresa era produzir stands e porta banners com qualidade e que contassem com a garantia e assistência técnica nacional, em contraste com os produtos importados. Hoje, contam com diversas linhas de produtos portáteis, que permitem as mais variadas configurações e tamanhos, para aplicações em Pontos de Venda, Congressos, Eventos e Feiras. Outro serviço no menu da rede é a comunicação visual, que pode ser produzida na franqueadora, utilizando impressoras de grandes formatos e de altíssima resolução, ou, fazer parte do business da unidade franqueada, quando o modelo de negócio é de sign maker. Atuam, também, na montagem de eventos corporativos e marketing promocional, como congressos, exposições ou lançamentos de um produto.

A portabilidade dos produtos Dexpo permite, de forma fácil e rápida, a montagem e desmontagem, garantindo o menor tempo e a realização do evento sem entulho ou lixo. Diferenciais exclusivos no mercado.

Um mercado em expansão

O mercado de eventos no brasileiro, segundo dados da ABEOC – Associação Brasileira de Empresas de Eventos, cresce cerca de 14% ao ano. As empresas investem em torno de R$ 210 bilhões em eventos corporativos e R$ 16 bilhões em eventos sociais. Isso representa 4.3% do PIB nacional.

“Somos a única empresa que oferece a oportunidade para empreendedores ingressarem nesse mercado. E, para trabalhar nesse nicho exclusivo em franquias, o novo investidor já vai sair vendendo! Nossos franqueados começam a operação de sua unidade com a carteira de clientes que já atendemos naquela região. Dividimos o Brasil de modo a garantir exclusividade para cada operação”, garante a franqueadora.

Com investimento a partir de $60 mil, para operações em homeoffice, o novo empreendedor pode ingressar em um dos segmentos que mais crescem no país operando uma carteira de clientes já existente, e focado na sustentabilidade: www.dexpo.com.br