fbpx

Um é bom, dois ou três é lucro na certa

Franquias com alta rentabilidade e quegarantem uma parceira que cumpre ou até ultrapassa as expectativas iniciais,estão cada vez mais computando um percentual de multifranqueados nas redes. Bompara o franqueado e melhor ainda para o franqueador

Segundo especialistas da Bittencourt Consultoria, o padrão de ‘uma franquia por empreendedor’ faz parte do passado no Brasil. Isso já era uma realidade em outros mercados. E, são cada vez mais comuns franqueadores que aceitam – e até estimulam – empreendedores a terem mais de uma unidade. Esse fenômeno acontece mais pelo amadurecimento do setor no país, mas a piorada conjuntura econômica dos últimos anos, que torna o ambiente de negócios mais incerto, foi um fator adicional ao crescimento dos franqueados que operam ‘multiunidades’.

Essa mecânica de operação é boa para ambas as partes: de um lado, os franqueadores buscam gestores já testados para crescer com mais segurança, e do outro,empreendedores podem obter ganhos de escala, corte nos custos e, com isto,aceleram o retorno das novas unidades.

“É um desafio, e não uma desvantagem, atuar como se fosse uma mini rede. Isto impõe cuidados extras coma gestão, mas pode ser um bom negócio”, comenta Claudia Bittencourt, diretora geral e sócia do Grupo Bittencourt. E continua, “o retorno vem mais rápido nas demais unidades, após a fase de aprendizado e erros com a primeira”.

Os especialistas são unânimes em dizer que com a diminuição das margens impostas pelas dificuldades econômicas do último triênio, essa foi uma saída para gerar mais resultados dentro do sistema. 

GARANTIA DE QUALIDADE

Existem fatores essenciais para que uma rede tenha um percentual grande de franqueados com mais de uma unidade. Resultado e payback rápidos. “Dentro da nossa rede, o número de franqueados com um ano, ou até menos tempo, que abrem sua segunda unidade é muito frequente. Já chega a um percentual de quase 30%, atualmente. Um dos fatores que evidenciaram essa tendência foi o aumento de rentabilidade que as unidades estão experimentando, e consequentemente, a possibilidade de reinvestir, ampliando seus negócios”, garante Décio Marchi Júnior, sócio e franqueador da Via Certa, rede especializada em cursos profissionalizantes.

Com cerca de 30 unidades, o crescimento da rede focada no segmento de treinamento profissional foi de 600% nos últimos quatro anos. O faturamento da marca cresceu mais de 650% e, em 2018, o número de alunos atendidos chega a mais de 10 mil. 

“No primeiro trimestre de 2019 nosso crescimento continuou acelerado, inclusive com novas unidades sendo abertas por franqueados que já operavam na rede. O perfil desses multifranqueados  é empreendedor e eles aproveitam o payback rápido do negócio para reinvestir, abrindo oportunidades em outras praças”, finaliza.

EXPANSÃO

O segmento de franquia de cursos profissionalizantes está em alta, a rede Via Certa Educação Profissional tem experimentado um crescimento que já é um case no franchising, desde que se colocou no mercado, há nove anos.Com investimento a partir de R$124 mil, o franqueado já consegue obter retorno em dezoito meses após a inauguração, ou, em alguns casos, até antes.

SAIBA MAIS